O que causa a sensibilidade nos seios e como tratar?

0
268

Se você é mulher e está sofrendo com a sensibilidade nos seios, não se apavore, é algo muito comum e que toda mulher irá sentir em algum momento. No entanto, é sempre importante que você consiga entender quais podem ser as causas e como tratar.

Se você quer saber mais sobre esse assunto e saber como lidar com a sensibilidade nos seios, continue a leitura.

Sensibilidade nos seios: o que é?

Como o próprio nome já diz, sensibilidade nos seios é quando esta parte do corpo da mulher fica muito sensível. Em alguns casos, é comum que até mesmo a própria roupa gere algum desconforto.

A sensibilidade também podem gerar dor nos seios, sensações de incômodo e realmente atrapalhar o dia-a-dia da mulher. Ela pode ser sentida em ambos os seios ou em apenas um, indiferente da causa.

Sensibilidade nos seios é câncer?

Calma! Sensibilidade nos seios não é sinal de câncer.

É natural que muitas mulheres, ao lidar com a sensibilidade nas mamas, se apavore e acredite se tratar de câncer de mama. No entanto há várias outras causas que podem resultar na sensibilidade dos seios.

Porque os seios ficam sensíveis?

É comum que durante alguns períodos o corpo da mulher sofra com alterações hormonais e a sensibilidade nos seios comece a se manifestar. Neste caso, ela geralmente é causada pelas alterações em hormônios predominantemente femininos, como é o caso do estrogênio e do progesterona.

Alguns exemplos desta fase, são:

Adolescência: onde as mamas começam a se desenvolver e tendem a ficar sensíveis e, em alguns casos, até mesmo bem doloridas.

Ciclos menstruais: é comum que os seios fiquem doloridos durante o período pré-menstrual e o período menstrual, onde os hormônios ficam uma verdadeira bagunça.

Gravidez: é natural que durante a gravidez, principalmente a primeira, a mulher sinta muita sensibilidade nos seios, o que é normal, visto que eles estão crescendo.

Amamentação: quando a mulher está no período de amamentação os seios também ficam sensíveis, quer ela amamente ou não. Em alguns casos também pode levar à mastite.

Climatério: climatério é o período que antecede a menopausa, marcado pela queda na produção de hormônios, que acaba gerando uma série de sintomas. A sensibilidade nos seios podem estar entre eles.

Menopausa: a menopausa (e também a pré e pós-menopausa) são períodos em que o organismo da mulher está sofrendo alterações hormonais e é comum que sintam os seios sensíveis.

Medicamentos: também há uma série de medicamentos, até mesmo a conhecida pílula anticoncepcional ou algum tratamento para reposição hormonal, que também podem causar a sensibilidade nas mamas.

Como tratar a sensibilidade nos seios?

Para saber o tratamento adequado para sensibilidade nos seios, o ideal é que você saiba primeiro qual a causa exata. Por exemplo, caso seja o uso de algum medicamento, é importante entrar em contato com o seu médico para que ele faça a troca.

Além disso, há algumas dicas que podem te ajudar a aliviar essa sensibilidade, como: utilizar sutiãs confortáveis que não apertem seus seios, tomar banho de água morna para relaxar ou aplicar compressas frias diretamente sob seus seios.

Quando procurar um médico?

O ideal é que você procure um médico assim que a sensibilidade nos seios se tornar um problema para você. Desta forma, ele poderá analisar o que a está causando e saberá indicar a melhor forma para combatê-la.

Além disso, sentir as mamas sensíveis, como você viu, pode ser em razão de um determinado período da sua vida e, na maioria das vezes, acaba com o passar do tempo ou pode ser facilmente resolvida.

Embora em poucos casos trate-se de câncer de mama, é importante que você tenha cuidado caso ela seja frequente ou venha acompanhada de outros sintomas. E fique atenta, após os 40 anos é importante que você faça exames regularmente a fim de cuidar da sua vida, da sua saúde e evitar riscos.

- Adquira Já -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here