Entenda o que é a Modulação hormonal bioidêntica

0
1104

Com a chegada da menopausa, muito se fala sobre reposição hormonal, uma maneira de equilibrar os níveis hormonais e amenizar os desconfortos desta fase. E o objetivo da modulação hormonal bioidêntica também é este: possibilitar o bem-estar da mulher durante a menopausa, promovendo o alívio dos sintomas. Mas será que a modulação hormonal bioidêntica realmente funciona?

Modulação hormonal bioidêntica

A reposição hormonal bioidêntica recebe este nome pois a estrutura que forma os hormônios que serão repostos são exatamente iguais aos que já estão presente em nosso organismo. Por isso dizemos que eles são bioidênticos.

Mas a modulação hormonal bioidêntica ainda causa muitas dúvidas e medos, em razão de alguns efeitos colaterais que pode causar. Sendo assim, muitas mulheres optam por uma opção natural, que acaba sendo mais saudável e segura.

Reposição hormonal natural, sintética ou modulação hormonal bioidêntica?

Se você está na menopausa, há 3 formas de fazer a reposição hormonal: a natural, a sintética e a bioidêntica.

A reposição hormonal natural é feita a partir de elementos da natureza, como alimentos e suplementos naturais. A reposição sintética é feita a partir de hormônios produzidos em laboratório, semelhantes aos do nosso organismo. Já a modulação hormonal bioidêntica é feita com hormônios idênticos aos que já existem em nosso organismo, ou seja, são produzidos a partir das mesmas substâncias.

Quanto ao funcionamento, qualquer um destes tratamentos pode demonstrar efetividade ou inefetividade, bem como ter reações adversas. No entanto, no caso da reposição hormonal natural, isso acaba sendo pouco comum, já que é um método que não possui riscos para a saúde da mulher.

Já com a opção de reposição hormonal sintética, é comum que haja o medo do surgimento de câncer de mama. Com os hormônios bioidênticos, no entanto, não há esse risco. Por isso essa se mostra uma opção mais segura, quando comparada a Terapia de Reposição Hormonal (TRH).

No entanto, para saber qual o melhor tipo de tratamento para você, é fundamental procurar um médico, que fará o diagnóstico e irá avaliar o seu caso.

Efeitos colaterais

Ainda há poucos estudos sobre a modulação hormonal bioidêntica e seus riscos ou efeitos colaterais. O que se sabe, de fato, é que o risco de que haja reações adversas está mais associado ao erro na dosagem de hormônio que o paciente recebe, do que com os hormônios em si, já que as substâncias são as mesmas já presentes no organismo.

Sendo assim, há alguns efeitos que podem ser sentidos, como:

  • Dor nos seios;
  • Alergia ou irritação no local da aplicação;
  • Inchaço.

Mas, de maneira geral, basta adequar as doses hormonais que você está utilizando e os efeitos tendem a passar. Por isso é indispensável que você faça este tratamento apenas com um acompanhamento médico.

E você, já conhecia a modulação hormonal bioidêntica?

- Adquira Já -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here