Dor nas mamas: 10 dicas para aliviar!

0
220

A dor nas mamas, também conhecida como mastalgia, pode ser sentida em diferentes etapas da vida da mulher e também por diferentes razões. Em geral, elas estão ligadas com as alterações hormonais.

De acordo com dados, 70% das mulheres sofrem com dores nos seios. É comum que, principalmente a queda de estrogênio, esteja diretamente ligada essa sensação, causando uma série de desconfortos no corpo da mulher.

Dor nas mamas: principais causas

Sentir dor nas mamas pode ter diferentes motivos, os mais comuns são: períodos pré-menstruais e menstruais, gravidez, amamentação, climatério, menopausa, puberdade, entre outros.

O que todos estes momentos acima têm em comum é que representam uma fase da vida da mulher onde ela precisa lidar com uma série de alterações hormonais, que acabam resultando em diferentes sintomas, típicos de cada período. E, geralmente, podem causar a dor nas mamas e demais desconfortos.

Como aliviar a dor nas mamas

Para te ajudar a aliviar a dor nos seios, separamos algumas dicas que podem ser grandes aliadas para você. E caso faça uso de algum medicamento, não indicamos que ele seja substituído ou tenha o uso interrompido.

  1. Uso de compressas mornas

O uso de compressas mornas sob o seios pode ajudar a diminuir a dor e demais desconfortos, causando sensação de alívio e relaxamento.

  1. Uso de compressas frias

Pode parecer contraditório, no entanto, o uso de compressas frias também pode servir para aliviar a dor nas mamas.

  1. Massagens

Massagear os seios de maneira sutil pode ser um bom método para se livrar da dor.

  1. Aposte em sutiãs confortáveis

As dores nas mamas podem ser causadas em razão do uso de uma numeração não adequada de sutiã, que acaba apertando os seios. Por isso, busque sempre usar sutiãs confortáveis.

  1. Evite alguns alimentos

O cuidado com a alimentação pode estar diretamente ligado a dor nas mamas. Procure evitar alguns alimentos como sódio, cafeína, bebidas alcoólicas, comidas gordurosas e industrializadas.

  1. Tenha uma dieta saudável

Assim como é importante evitar alguns alimentos, há outros que podem ser bons aliados para evitar a dor nas mamas. Neste caso, busque ter uma dieta saudável, ingerir frutas, sucos, bastante água e demais alimentos naturais, como cereais.

  1. Cuidado com os remédios que você toma

Caso faça uso de pílulas anticoncepcionais ou tenha iniciado algum remédio logo antes de começar a sentir a dor nas mamas, converse com o seu médico e relate o que pode ser um possível efeito, para que ele verifique e faça a troca, se necessário.

  1. Óleo de prímula

Estudos afirmam que o óleo de prímula é muito eficiente para combater a dor nos seios. Além de equilibrar os hormônios do corpo ele também pode diminuir o inchaço e a sensibilidade.

  1. Soja e fibras

A soja contém muitas substâncias que podem contribuir para prevenir e aliviar a dor nos seios.

  1. Vitaminas E e B6

Estas vitaminas, presentes naturalmente em uma série de alimentos, podem contribuir tanto para a dor quanto para a sensibilidade das mamas.

Dor nos seios é sinal de câncer de mama?

Em alguns casos raros, pode ser. No entanto, sentir dor nas mamas não é sinal de que você está com câncer ou corre o risco de desenvolver. Geralmente, o câncer de mama acaba manifestando uma série de outros sintomas, como secreção.

Não deixe de procurar um médico

Se mesmo seguindo todas as dicas as dores ainda persistirem ou forem muito fortes e continuos, não deixe de procurar um médico especialista. Melhor prevenir do que remediar.

Além disso, a partir dos 40 anos de idade é necessário redobrar a atenção com a saúde e realizar exames de rotina. E caso você tenha algum histórico de câncer de mama na sua família, o indicado é procurar um médico regularmente.

* Este conteúdo tem como objetivo servir como uma orientação, porém não deixe de procurar um auxílio profissional. As medidas aqui citadas não substituem o uso de medicamentos ou tratamentos médicos necessários e indicados pelo seu médico.

- Adquira Já -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here