Os benefícios da soja após os 45 anos

0
150

Os benefícios da soja para a saúde da mulher são muitos. Por este motivo, ela é considerada um alimento muito importante na alimentação feminina, principalmente após os 45 anos.

É comum que as mulheres passem por transformações durante a vida, como é o caso da gravidez e da menopausa. A boa notícia é que há uma série de alimentos naturais que podem contribuir para a saúde da mulher durante todas estas etapas, como é o caso da soja.

Se você ainda não conhece os benefícios da soja, continue a leitura e saiba porque inserir este alimento na sua dieta, principalmente após os 45 anos.

Benefícios da soja para a mulher

A soja é um alimento importante na alimentação da mulher, proporcionando uma série de benfeitorias para a saúde. Confira abaixo alguns dos benefícios da soja para a mulher.

Colesterol

Os grãos de soja são famosos por desintoxicar o sangue, diminuindo o colesterol ruim e aumentando o colesterol bom.

Problemas cardiovasculares

A soja protege o coração, contribuindo para reduzir o aparecimento de problemas cardiovasculares, como infartos e AVC.

Obesidade

A soja é rica em proteínas, vitaminas, nutrientes e minerais. Sendo assim, ela ajuda a balancear a dieta e perder peso, fazendo com que você sinta-se saciada por mais tempo.

Previne o Câncer de Mama

A isoflavona, os antioxidantes e demais propriedades da soja ajudam a proteger o corpo da mulher do câncer de mama. E, em mulheres que já tiveram o câncer, ela ajuda a evitar que ele reapareça.

Circulação

Por ser rica em ferro, mineral que auxilia diretamente no transporte do oxigênio no corpo, a soja contribui para a circulação correta da respiração celular, prevenindo uma série de doenças.

Pele, cabelos e cérebro

Com o tempo, estas áreas começam a se desgastar. Neste momento é importante manter uma alimentação saudável, rica em vitaminas do complexo B, como é o caso da soja, que contribui para prevenir uma série de doenças degenerativas.

Osteoporose

A soja é benéfica para a saúde dos ossos, principalmente durante a menopausa, período em que aumenta as chances da mulher desenvolver osteoporose. Isso tudo porque, além de regular os hormônios, ela também fornece cálcio, minimizando a perda deste importante nutriente.

Fonte de proteínas

Além de todos estes benefícios, a soja ainda é rica em proteínas vegetais, contribuindo de diferentes maneiras para a saúde da mulher.

Benefícios da soja na Menopausa

Os benefícios da soja também são fundamentais para as mulheres que estão na menopausa. Ela contém contém isoflavonas e tem efeito semelhante ao do estrogênio no organismo da mulher, sendo uma alternativa natural para combater os sintomas da menopausa.

Sendo assim, ela funciona como uma fonte natural de hormônios para a mulher, aliviando uma série de sintomas, como:

Se você está na menopausa ou no climatério, inserir alimentos a base de soja na sua dieta pode ser uma boa maneira de lidar com estes períodos.

Reposição Hormonal

A soja age no organismo de forma semelhante ao estrogênio, sendo considerada um tratamento de reposição hormonal natural sem riscos ou efeitos colaterais para o organismo. E, como durante o climatério e a menopausa é importante encontrar uma forma de repor hormônios que seu corpo está deixando de produzir, a soja pode ser uma boa opção.

Alimentos a base de soja

Como você viu, inserir na sua dieta alimentos a base de soja é uma ótima maneira de repor hormônios naturalmente, além de trazer uma série de benefícios para a sua saúde. Veja abaixo formas de consumir a soja:

Em grãos: a maneira mais conhecida são os grãos de soja, que podem ser encontrados no mercado, até mesmo já prontos. Eles são ricos em proteínas, isoflavonas e fibras.

Leite de soja: o leite de soja pode substituir o leite integral. Ele contém, além de isoflavona, uma boa porcentagem de cálcio, proteínas e vitaminas.

Suco de soja: a soja também pode ser encontrada em sucos, tanto de forma líquida quanto em pó.

Tofu: também conhecido como queijo de soja, é rico em isoflavonas, proteínas, vitaminas, cálcio e baixo teor de sódio.

Farinha: a farinha de soja, em substituição a farinha de trigo, tem como base os grãos de soja e além de contribuir para uma alimentação saudável também serve para amenizar os sintomas da menopausa. A farinha de soja não contém glúten e é rica em proteínas.

- Adquira Já -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here