Alimentação na menopausa: diminua os sintomas de forma natural

0
242

Ao chegar nos 45 anos o corpo da mulher já passou e está passando por diferentes transformações, sem contar que ela se aproxima cada vez mais da menopausa. Um dos sintomas comuns da menopausa, fase relacionada à grandes mudanças hormonais que ocorrem no organismo da mulher, é o ganho de peso e maior concentração de gordura. Isso porque, com o passar dos anos, o organismo vai ficando mais lento, o que dificulta a perda de peso.

E tudo isso vai fazendo com a mulher se torne mais cansada, estressada, sem energia e até mesmo sedentária. Estes comportamentos podem, inclusive, encaminhar para crises de ansiedade e quadros de depressão.

Porém o corpo da mulher e suas necessidades vão variando com o passar dos anos. Mas pensando em você que está próxima da menopausa ou até mesmo que já está na menopausa e precisa ter um cuidado maior com a alimentação, separamos algumas ótimas dicas de alimentos que aliviam os sintomas da menopausa, como, além do ganho de peso, os fogachos, mudanças de humor, queda de cabelo, envelhecimento precoce, entre outros.

E você pode sim amenizar e até mesmo acabar com estes sintomas sem fazer tratamentos agressivos ou utilizar medicamentos, apenas com uma mudança de hábitos e  alimentação na menopausa. Se você quer saber como, continue a leitura.

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA MENOPAUSA

A alimentação de uma mulher é importante em todas as etapas da vida, mas com o passar da idade ela requer ainda mais atenção, principalmente após a chegada da menopausa, fase pela qual todas irão passar e que é caracterizada pelas mudanças hormonais.

Mas porque a alimentação na menopausa é ainda mais importante? Se você tiver uma alimentação correta, esse período pode se tornar menos turbulento. Isso porque há uma série de alimentos que aliviam os sintomas da menopausa e que servem como repositores hormonais naturais, fazendo com que você não precise ingerir qualquer remédio ou tenha que partir para tratamentos de reposição hormonal, que podem contar com uma série de efeitos colaterais indesejados.

E, assim como há alimentos na menopausa que se ingeridos aliviam os sintomas e se tornam fortes aliados para este período, há também uma série de alimentos que devem ser evitados, isso porque eles podem acabar desencadeando alguns sintomas ou fazendo com que eles se agravem ainda mais.

Para te explicar melhor sobre a importância da alimentação na menopausa, criamos este conteúdo. Além disso, separamos também uma lista de alimentos que podem contribuir para que você se livre dos desconfortos da menopausa de maneira muito mais tranquila e saudável, garantindo a qualidade de vida e bem-estar durante esta importante fase da sua vida.

Dicas para não se tornar uma pessoa sedentária

Além da alimentação na menopausa, também é importante que você pratique exercícios físicos regularmente, em uma intensidade moderada. Isso porque incluir estes hábitos na vida de uma mulher que está na pré-menopausa, menopausa ou pós-menopausa é muito importante. Além disso, você estará evitando o sedentarismo e, desta forma, também poderá perder aqueles quilinhos a mais que muitas vezes incomodam as mulheres neste período, se for o seu caso.

Praticar exercícios também é importante para que você preserve suas articulações e ossos, prevenindo uma série de doenças, inclusive cardíacas, além de te dar mais resistência e energia, ajudando a combater alguns sintomas da menopausa. Além disso, praticar exercícios também é um importante aliado para quem sofre com a insônia na menopausa, isso porque quem pratica exercícios tende a dormir melhor à noite.

A medida que o nosso corpo vai envelhecendo, cada vez mais necessário é fazer alguma atividade física, por uma série de motivos. O ideal é que você escolha uma aula ou atividade que você goste de fazer, como caminhada, yoga, pilates, hidroginástica, entre outros. Você também pode conversar com o seu médico para verificar se possui alguma contraindicação ou se teria algum exercício mais apropriado para você.

Alimentação na menopausa: alivio dos sintomas!

Como falamos anteriormente, a alimentação é muito importante durante todas as etapas da vida da mulher, principalmente durante a menopausa, onde a mulher sofre com o desequilíbrio hormonal. Mas a verdade é que há uma série de alimentos na menopausa, que podem contribuir para aliviar os sintomas deste período.

Vale ressaltar que cada organismo possui sua especificidade e, caso haja alimentos que você possua alergia, tenha intolerância ou não possa ingerir por algum motivo, contate seu médico e peça indicações. Ter uma dieta adequada após os 45 anos é muito importante e pode te ajudar a passar pela menopausa de forma muito mais descomplicada.

Soja

A soja é uma ótima opção para repor hormônios naturalmente e pode ser consumido de diversas formas: em grão, em bebidas a base de soja ou em óleos.

Aveia

A aveia também é um bom alimento para inserir no seu cardápio, além de ajudar a reduzir o nível de colesterol ruim, também controla a glicose.

Linhaça

Rica em fibras, ômega-3, sais minerais e muitos outros, a linhaça ajuda no controle de peso, proporcionando saciedade por um período de tempo maior. Ela também faz parte do grupo fitosteróis, que imitam a ação do estrogênio (hormônio sexual predominantemente feminino), sendo um dos alimentos mais completos para a menopausa.

Cereja

A cereja é uma forte aliada no combate de doenças comuns da meia idade. Além disso ela também combate a insônia, outro sintoma comum da menopausa.

Amêndoas

Assim como a aveia, a amêndoa também ajuda a diminuir o colesterol e reduzir os níveis de açúcar no sangue.

Opte por alimentos orgânicos

Optar por alimentos orgânicos ou preparados em casa é sempre melhor do que aos industrializados, que em geral contém grande quantidade de sódio, gordura e demais conservantes.

Peixes

Peixes são ricos em ômega-3, importante para ajudar a diminuir a pressão arterial. Além disso, o ômega-3 ajuda a manter os cabelos e pele hidratados, alivia a insônia e a coceira na menopausa.

Tomates

O tomate é capaz de evitar a formação de células cancerígenas no organismo e proteger as paredes das artérias.

Inhame Selvagem

Também conhecido como Yam Mexicano, é muito utilizado no tratamento de regulação dos níveis hormonais da mulher, combatendo os sintomas da menopausa.

Leite e Derivados

Os leites e seus derivados fornecem cálcio e proteína, sendo importantes combatentes da osteoporose. Por isso o consumo de leite (ou derivados) se torna tão importante nesta fase.

Sardinha

Rica em vitamina D, a Sardinha é um ótimo alimento para complementar o leite e seus derivados, isso porque ela facilita a absorção de cálcio.

Hortaliças Verde Escuras

As hortaliças com cores verdes mais escuras também são ótimas fontes de cálcio e importantes alimentos para este período. Alguns exemplos são: brócolis, rúcula e couve.

Beterraba

A beterraba, assim como cereais integrais, são alimentos ricos em magnésio e ajudam a combater o mau humor, relaxar a musculatura, proporcionando uma sensação de antiestresse e bem-estar.

Óleo de prímula

O óleo da prímula é muito importante para a produção de estrogênio. Além de ser bom para a saúde da pele, também ajuda a aliviar os sintomas da menopausa, como as fortes ondas de calor.

Beba água

Manter seu corpo hidratado é muito importante em qualquer estágio da sua vida, principalmente na menopausa onde ele tende a ficar mais desidratado. O indicado é beber cerca de 2 litros da água por dia.

Gorduras de Origem Vegetal

O mais indicado é que você sempre prefira gorduras de origem vegetal, como o azeite de oliva e óleo de soja, por exemplo.

Estes são alguns alimentos que você pode inserir na sua dieta e que podem te auxiliar a reduzir os sintomas da menopausa, garantindo uma vida mais saudável após os 45 anos.

Alimentos que devem ser evitados durante a menopausa

Assim como há alimentos que aliviam os sintomas da menopausa, há também aqueles alimentos que podem acabar tornando mais propício o aparecimento de alguns sintomas, ou ainda, fazendo com que eles se manifestem em maior intensidade, se tornando um verdadeiro incômodo para você.

Pensando nisso, separamos abaixo alguns alimentos que devem ser evitados durante a menopausa, a fim de garantir o seu bem-estar e melhor qualidade de vida durante este momento da sua vida.

Sal

Assim como em qualquer outra idade, é muito importante que você controle o sal e alimentos ricos em sódio de suas refeições. Afinal, sal demais não é bom para ninguém, principalmente para quem está na menopausa e em idades mais avançadas. Portanto, opte por alimentos mais leves.

Açúcar

Assim como o sal, você também precisa controlar os níveis de açúcar durante a menopausa. Há muitos especialistas que indicam que o açúcar seja substituído por algum adoçante (que também deve ser usado com moderação).

Alimentos picantes

Alimentos picantes e muito apimentados também não são benéficos nesta etapa da sua vida, isso porque eles podem acabar intensificando vários sintomas, como os fogachos e os suores noturnos.

Café

Se você é uma daquelas mulheres que toma café durante o dia todo, saiba que isso pode não te fazer bem. Não quer dizer que você nunca mais irá tomar café, mas é indicado que você, sempre que puder, evite-o. E, principalmente, sem o açúcar.

Carne Vermelha

Carnes vermelhas e gorduras saturadas também são alimentos que não devem ser consumidos em grande quantidade durante este período.

Bebidas alcoólicas

Assim como o café, as bebidas alcoólicas aumentam a desidratação. Além disso, ela pode contribuir para a insônia, irritabilidade, cansaço, aumento da temperatura corporal e uma série de outros sintomas que são sentidos durante a menopausa.

Refrigerante

O consumo de refrigerante também deve ser evitado durante este período, isto porque ele pode intensificar a insônia e aumentar as ondas de calor. Isso sem contar que pode prejudicar a absorção de cálcio, um dos nutrientes mais importantes durante a menopausa.

Gorduras Prejudiciais

São aquelas gorduras encontradas, especialmente, em lanches como hambúrgueres, batata frita e pizzas. Não apenas em razão da menopausa, mas também com o avançar da idade é indicado que esses alimentos não sejam consumidos constantemente.

Alimentos Condimentados

Alimentos condimentados, como enlatados, também podem ser prejudiciais neste período, sem contar que aumentam a temperatura corporal e podem acabar aumentando a intensidade e a frequência dos calorões.

Chocolate

O chocolate também é um alimento que deve ser evitado, principalmente por sua grande quantidade de açúcar, que podem tornar mais frequentes os ataques de ansiedade e insônia. Caso você queira consumir, opte pelas versões com mais cacau (no mínimo 70% cacau) e menos açúcar.

Alimentos Fermentados

Alimentos como pães, bolos e demais alimentos fermentados pode ser prejudicial durante a menopausa, aumentando a sensação de mal-estar e a frequência e intensidade de dores de cabeça.

Lembrando que estes alimentos devem ser evitados, mas não precisam sumir de uma vez por todas da sua alimentação. Além do mais, se o seu especialista lhe indicou algum destes alimentos durante a sua dieta, siga as instruções médicas, pois cada organismo funciona de um jeito e o seu médico com certeza fará o melhor para você.

Conclusão

A partir dos seus 45 anos, é muito importante que a mulher busque o bem-estar através de atividades físicas que lhe deem prazer e de uma alimentação adequada e balanceada. Essas mudanças de hábitos são elementos fundamentais não apenas para garantir uma melhor qualidade de vida, mas também como forma de diminuir os sintomas causados durante a menopausa, que já podem estar se manifestando.

Espero que este conteúdo tenha te ajudado a entender sobre hábitos, alimentos e mudanças que você pode implementar na sua vida, principalmente se você está na menopausa.

É imprescindível que você cuide da sua saúde, de seu corpo e da sua alimentação. Lembrando que os alimentos citados aqui são alguns dos mais indicados para este período e ótimos aliados para diminuir os sintomas da menopausa. Mas, caso você tenha alergia ou não possa ingeri-los, busque sempre outras opções que não irão lhe prejudicar e que contribuirão para uma vida mais saudável.

Até a próxima!

- Adquira Já -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here