Alimentação como reposição hormonal natural

0
5841

A queda na produção de estrogênio e progesterona são responsáveis por causar uma série de sintomas, muitos deles já conhecidos pelas mulheres que estão na menopausa, como os calorões, falta de ânimo, dificuldades para dormir, irritação, entre outros. Mas, e como fazer para que isso não ocorra?

O que é estrogênio e progesterona

O estrogênio e a progesterona são hormônios predominantemente femininos, fundamentais para a saúde e bem-estar da mulher durante toda as etapas da sua vida.

A progesterona é conhecida por ser um hormônio sexual, fundamental para regular o ciclo menstrual, gestação e amamentação. O estrogênio também afeta o desenvolvimento sexual feminino desde a puberdade e está associado a mudanças como crescimento dos seios, peso corporal, diabetes, saúde óssea e outros.

Lendo tudo isso, fica fácil compreender como estes dois hormônios são tão importantes para o corpo e para a saúde da mulher. Mas, e quando eles não estão presentes nos níveis ideais, o que acontece?

Sinais da falta de estrogênio no organismo

É possível que a mulher sofra com a baixa de estrogênio no organismo em diferentes etapas da vida, ou seja, em diferentes idades, como a adolescência e a menopausa. Com isso, é comum que diversos sintomas comecem a se manifestar, em formas e intensidades distinta, como:

Sinais da falta de progesterona no organismo

O mesmo ocorre quando os níveis de progesterona estão em desequilíbrio no organismo, causando uma série de desconfortos:

Agora, se ambos estão em falta, você consegue imaginar o desconforto que podem causar? Por isso é importante que você invista em alimentos ricos em estrogênio e progesterona, que irão te ajudar a equilibrar seus níveis hormonais, mantendo sua qualidade de vida e bem-estar.

Alimentos ricos em estrogênio e progesterona

Uma alimentação correta será uma de suas maiores aliadas no combate aos sintomas causados pelo desequilíbrio hormonal. Além da alimentação, você também pode adotar hábitos diários que ajudarão a estimular a produção hormonal e ter uma vida mais saudável, como: praticar atividades físicas, beber bastante água, evitar o estresse, relaxar, fazer o que gosta e dormir bem.

Se você apostar em hábitos saudáveis e inserir na sua dieta alimentos ricos em estrogênio e progesterona, não há dúvidas que você irá notar uma melhora na sua vida, na sua saúde e no seu bem-estar. Então confira abaixo quais são esses alimentos e comece agora mesmo a montar sua alimentação saudável.

Alimentos ricos em estrogênio

  • linhaça;
  • nozes;
  • soja;
  • cereais integrais como aveia;
  • tofu;
  • grão de bico;
  • damascos secos;
  • ameixa;
  • soja e derivados;
  • azeitonas;
  • sementes de gergelim;
  • alho.

Alimentos ricos em progesterona

  • castanhas;
  • inhame;
  • ovo, principalmente a gema;
  • cará;
  • avelã;
  • espinafre;
  • salmão;
  • amêndoas.

Uma dieta com alimentos ricos em estrogênio e progesterona realmente funciona?

Se você é mulher, certamente entende o mal-estar que pode ser causado pela falta de hormônios, como ocorre na menopausa.

Neste caso, é comum surgir indicações de terapia de reposição hormonal sintética (TRH), feita a partir de hormônios fabricados em laboratório, que ajudam a regular os níveis hormonais. No entanto, esse tratamento não é bem aceito por todas as mulheres, já que pode causar riscos e efeitos colaterais para a saúde.

Para mulheres que não desejam fazer a TRH, é possível optar pela reposição hormonal natural, através da alimentação, ingestão de suplementos e vitaminas e alimentos ricos em estrogênio e progesterona.

Cabe destacar que cada mulher irá sentir os resultados de uma maneira diferente. Algumas sentem rapidamente a diferença, enquanto em outras pode levar dias ou semanas. No caso de não haver mudanças, o indicado é procurar o seu médico para trocar ou inserir outro tipo de tratamento para ajudar a amenizar os desconfortos causados pelo desequilíbrio hormonal.

- Adquira Já -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here